Título: A Rainha Vermelha - #1
Autora: Victoria Aveyard
Páginas: 422
Editora: Seguinte
Classificação: 5/5

Em A Rainha Vermelha, temos um mundo distópico no qual a sociedade é dividida de acordo com dois tipos de sangues: o vermelho e o prateado. Os vermelhos são os pobres e humildes, enquanto os prateados são ricos e possuem algo que os outros não tem: um poder especial.

Nós conhecemos a Mare Barrow, que é uma vermelha e se arrisca pela cidade furtando que pode para a sua família ter o que comer. Ela tem 17 anos e ao completar 18, os jovens que não possuem emprego tem que ir para a guerra, como a nossa personagem não possui um trabalho, ela já sabe o que a espera. Até que certo dia, ela encontra Cal, que a ajuda dando dinheiro. E o que ela não esperava é que ele fosse um Príncipe. Que além de ajudá-la com dinheiro, ele consegue arranjar um emprego para Mare no palácio real e é lá onde a nossa protagonista vai descobrir que ela é mais especial do que parecia ser.

Aveyard trouxe uma obra que conseguiu me prender muito, ela possui uma escrita bem fluida e rápida, o que faz com que o leitor devore o livro.

Acabei odiando alguns personagens no decorrer da obra, mas isso não me impediu de querer chegar logo no final para saber o desfecho. E quando terminei: EU PRECISO DA CONTINUAÇÃO!
Observei que muitos não gostaram do livro por acabar mostrando ter influências (ou não) de outras distopias, e acho meio impossível não fazer algumas assimilações durante a leitura, contudo isso não me incomodou e acabei gostando bastante da trama. Não sei se isso aconteceu porque não fui com tantas expectativas, mas o livro funcionou para mim.

Apesar de ter alguns acontecimentos que já eram de se esperar, Victoria consegue trazer uma reviravolta no final que surpreendeu um pouco.

Só digo uma coisa: Não confie em ninguém!
 "Todo mundo pode trair todo mundo"
Como dito anteriormente, alguns leitores podem ter o problema com a originalidade dele, mas nada que o impeça de possuir uma leitura rápida e dinâmica. Por conta disso, acabo recomendando muito a obra.

Esse é o primeiro livro de uma saga que por enquanto possui três livos, mais dois contos e um livro quarto livro que será lançado ano que vem. Os contos foram publicado em um único livro chamado "Coroa Cruel" e as histórias se passam antes dos acontecimentos de A Rainha Vermelha.

A obra vai ganhar uma adaptação cinematográfica e terá Elizabeth Banks (Effie de Jogos Vorazes) na direção, mas ainda não se tem uma confirmação de elenco, nem de data de lançamento do filme.


Deixe um comentário